Skip links

61% do tráfego online vem de buscas do Google via smartphone

O estudo Mobile Metrics Refresh, desenvolvido pelo Adobe Insights (ADI), trouxe boas notícias para as empresas. 77% do tráfego online em smartphones vem de buscas orgânicas; e 61% do tráfego online vem de buscas do Google via smartphone.

A pesquisa foi realizada com 400 sites ou aplicativos de empresas norte-americanas de grande porte, nos segmentos de notícias, mídia, entretenimento, automotivo, viagem, seguro, varejo, e até mesmo bancos e investimentos.

Desde 2015, quando iniciou o levantamento, os dados mostram que os consumidores preferem a experiência das pesquisas orgânicas a anúncios. Apesar disso, para quem trabalha no varejo a maioria do tráfego vem de links patrocinados.

Segundo Douglas Montalvao, diretor de soluções e costumer success da Adobe para a América Latina, “os dados refletem que, em pesquisas orgânicas, os consumidores encontram uma experiência superior a transmitidas via anúncios pagos”.

Tráfego online vem de buscas do Google via smartphone; é preciso investir em sites responsivos

Além de trabalhar o SEO para estar em uma boa posição no Google, as marcas necessitam investir em sites responsivos, que levem ao usuário uma navegabilidade melhor em dispositivos móveis. Segundo a pesquisa, boa parte das visitas vem de smartphones (41%) e tablets (8%).

Por fim, a Mobile Metrics Refresh demonstra que, desde 2016, aplicativos para smartphones sofreram uma queda de 22% e 49% para tablets. Aplicativos são eficazes quando levam algo a mais para os usuários, como jogos ou novas experiências, que difere do site da empresa. “Os aplicativos precisam, de fato, fazer sentido para a entrega de experiências relevantes”, conclui Douglas Montalvao.

E você tem trabalhado para estar no ranking do Google e conseguir tráfego por buscas orgânicas? O seu site está adaptado para os usuários de dispositivos móveis? Se você precisar de alguma ajuda, pode contar com os serviços especializados da MVP Comunicação. Saiba mais!

Quer receber mais conteúdos como esse?