Skip links

Para refletir: O que serão das agências digitais no futuro?

Tratar de comunicação atualmente é, ao mesmo tempo, tratar de transformações contínuas. A cada dia que passa, uma nova atualização surge na tela do seu celular. Novidades são promovidas pelas mídias digitais. Aplicativos inovadores entram no mercado. E, consequentemente, empresas são afetadas. Mas diante desse cenário, qual seria um futuro possível das agências digitais?

Para analisar essas circunstâncias é preciso, primeiramente, compreender que as agências não tiveram sempre o mesmo papel. Ao longo dos anos, permanecem responsáveis por criar e gerenciar diversos tipos de conteúdo. No entanto, com objetivos diferentes.

Estratégias 

Um exemplo claro dessa situação é como as grandes redes de comunicação eram voltadas a apenas um sentido de produção:

Emissor -> Meio -> Receptor

Porém, atualmente esse percurso mudou drasticamente. Ao abordar as mídias sociais, conclui-se que todos podem ser tanto emissores quanto receptores. E essa não é uma tarefa tão complexa quanto imaginam. No Instagram, por exemplo, você emite conteúdo postando uma sequência de Stories do seu dia a dia e recebe conteúdo curtindo fotos dos perfis que segue.

Portanto, o que antes era feito com inúmeras incertezas nos resultados, hoje apresenta uma produção voltada especialmente neles. Nesse ambiente, é papel das agências digitais criar as estratégias essenciais para atingir os resultados desejáveis para sua empresa. Diante de uma multiplicidade de usuários emissores e receptores, é preciso saber como seu conteúdo será direcionado.

Mecanismos

O que não falta hoje em dia são mecanismos para conseguir executar tais tarefas. As agências digitais apresentam inúmeras maneiras para controlar e mensurar os processos que envolvem a produção de conteúdo. E a partir dessa análise é possível pensar no futuro que o mercado poderá se deparar.

Cada vez mais, os negócios das agências serão fortemente baseados em resultados e, para isso, serão necessários profissionais aptos a buscarem isso. Comunicação e programação, por exemplo, são duas áreas que devem continuar de mãos dadas para desenvolver uma fórmula mais atualizada no sentido de produção de conteúdo:

Estratégia + Dados = Resultados

Desse modo, é preciso compreender que mudanças sempre vão ocorrer, seja qual for a área. A diferença fica em quem está preparado ou não para analisar e colocá-las em perspectiva para um futuro com resultados melhores.

Quer refletir um pouco mais sobre o futuro das agências digitais? Confira uma análise mais aprofundada no novo ebook da Configr.