Skip links

Influenciadores digitais: o que eles podem ensinar sobre marketing?

Influenciadores digitais! Quem diria que postar em redes sociais se tornaria uma profissão? Em algum momento, as marcas enxergaram potencial naquelas pessoas comuns que conseguiam conquistar uma legião de admiradores. Do Youtube, Instagram, Twitter – e agora até da TV -, de qualquer lugar eles realmente “influenciam digitalmente” o seu público e, hoje em dia, são responsáveis por uma grande parcela das compras realizadas.

A vida deles é quase um sonho. Eles ganham dinheiro para viajarem, conhecerem restaurantes e vestirem roupas. Mas toda essa conquista é resultado de muito esforço. Eles entendem a importância do marketing para o crescimento da sua marca pessoal, estudam e trabalham ao lado de especialistas para medir resultados e aprimorar os seus conteúdos.

Público é amigo

No livro Marketing 4.0, Philip Kotler fala sobre a importância das empresas trabalharem com a comunicação vertical. Enquanto as marcas se adaptam a esse estilo de comunicação, os influenciadores digitais são nativos. Eles conversam com o seu público o tempo todo, lê os comentários, sabem as reais dores, perguntam o que eles querem ver de conteúdo, se preocupam em levar o melhor… Tão “íntimos” de seus seguidores, eles criam uma relação de confiança e amizade.

Não é por acaso que influenciadoras de moda conseguem levar fãs para lojas;  e humoristas das redes sociais vendem ingressos para shows em instantes (como é o caso do Whindersson Nunes).
Mas essa relação sólida pode desabar, se não houver sinceridade. As pessoas tendem a serem mais fiéis aos influenciadores verdadeiros. Aqueles que usam produtos e serviços que gostam e não apenas por causa do patrocínio.

Mensurar o tempo todo

Se você conhecer algum influenciador digital, não se decepcione. Com certeza, ele vai passar muito tempo no celular. Mas não é por mal, ele precisa saber quantos seguidores ganhou na última hora, se os comentários da última publicação foram positivos, se o vídeo novo tem bastante curtidas e uma série de mensurações. Talvez, ele não use o termo “mensurar”, mas provavelmente entenda bem mais da importância disso do que muitas marcas.

Os influenciadores sabem que se determinada foto não gerou muito resultado, pode ser o horário. Bem comum apagarem uma foto e postarem de novo em outro horário. Com essa mensuração all time, entendem cada detalhe, horário, tipo de conteúdo, hashtag certa, etc.

Mesmo com toda essa mensuração, eles erram. Mas diferente das marcas continuam tentando e descobrindo novas formas de engajar e atrair mais público. Não se deixam estagnar.

Conteúdo de verdade

Com a ajuda de especialistas, criam postagens relevantes e interativas, onde faz com que seus seguidores comentem e deixem as suas opiniões. A voz do seu público é algo de valor; os influenciadores sabem o quanto é importante escutar aqueles “amigos virtuais”.

Tudo que é postado faz parte de um planejamento. Aquela pose perfeita na foto não foi feita em um click. Aquela legenda bacana demorou alguns minutos para ficar pronta. Cada coisa é pensada e estruturada. Do jeito que eles postam parece ser algo comum, que faz parte do cotidiano, mas nada disso.

Apesar dos seus conteúdos serem planejados são naturais. Diferente das marcas, que sempre passam algo “vendível”. Eles falam respeitando o seu jeito, não forçando nada. Sabem que se fizer algo assim, não vai rolar a interação.

E aí, vai um dos segredos mais importantes: fazer o conteúdo certo para o seu público, mas sem ser robótico. A relação humana precisa estar presente no conteúdo das marcas, precisa mostrar que foi algo feito por outras pessoas e não simplesmente criado para vender.

Deu para aprender algumas táticas com os influenciadores digitais? Aqui na MVP Comunicação seguimos essas regras essenciais para engajar as marcas, mensurar com frequência, entender para valer o público, levar conteúdo relevante, humanizar as publicações e outras técnicas importantes. Se quiser saber mais sobre o nosso trabalho, acesse a nossa página de serviços.

Black Friday 2017: Google estimula crescimento nas vendas

Black Friday 2017: Google estimula crescimento nas vendas

A data pode ser muito rentável esse ano para o e-commerce

Quer receber mais conteúdos como esse?