Skip links

Entenda o algoritmo do Facebook para ter sucesso com as publicações orgânicas

Lembra da notícia – nada feliz – que falamos aqui no blog que o alcance orgânico no Facebook está diminuindo? Bom, a solução mais plausível para isso é alavancar as suas publicações com o impulsionamento, mas isso não significa que você tenha que desistir totalmente das publicações orgânicas. Para ter algum retorno, é preciso entender do algoritmo do Facebook, e ficar de olho nas suas atualizações.

Basicamente, o algoritmo do Facebook determina o que estará em primeiro no feed do usuário. Para determinar, ele baseia os gostos e características pessoais e assim destaca as publicações mais relevantes para cada pessoa. Se você entende como ele funciona, fica bem mais fácil criar o conteúdo certo para o seu público.

Who? Where? Type? Reactions? – As “perguntas” do algoritmo do Facebook

O Facebook seleciona as pessoas que considera relevante para cada usuário, ou seja, se você interage muito com uma pessoa (ou vive a stalkeando) as chances dela aparecer muito no seu feed são altas. No caso das marcas, se o usuário interage e procura muito a sua marca, há chances de você sempre estar no feed dele.

A segunda prioridade da rede social é quando o conteúdo foi publicado, quanto mais recente mais chances de estar no feed dos usuários. Por isso, saber os horários que as pessoas mais interagem com a sua página é muito importante. Também vale entender os hábitos do seu público alvo.

O tipo do conteúdo também é muito relevante, mostrando para o usuário o que ele mais gosta. Em geral, temos uma tendência muito maior para vídeos e imagens, você pode saber mais lendo esse outro artigo.

Por fim, temos o engajamento, quanto mais curtidas, reações, comentários e compartilhamentos tiver mais alcance terá. Nesse quesito, recentemente o Facebook fez algumas alterações, dando mais atenção para as reações. Quanto mais você tiver de reações, melhor. Crie conteúdos que faça o público reagir, como esse exemplo:

E aí, qual desses presentes você gostaria de ganhar? Use as Reactions do Facebook pra escolher! ❤ Mochila com ziper…

Posted by Formato Promocional on Friday, July 28, 2017

Mais algumas regras

Dentro dessas categorias de seleção, o algoritmo do Facebook tem mais cinco regrinhas:

Familiares e amigos: pessoas mais próximas dos usuários tendem a ter prioridade; enquanto marcas e páginas passam a ser secundárias.

Informação: se não há muito o que fazer em relação a regra dos familiares e amigos, na informação as empresas podem trabalhar muito bem. Ofereça conteúdos que levem algo relevante para os usuários, e pode até usar notícias que tenham a ver com o seu segmento.

Entretenimento: depois da informação vem o entretenimento, e criar histórias que levem isso para o público é ideal. Faça postagens divertidas e atrativas, e garanta um bom alcance com publicações orgânicas.

Autenticidade: ser autêntico a tantas publicações pode até ser difícil, mas é preciso. Faça publicações originais e que sigam a linha da sua empresa. Além disso, o Facebook renega publicações do tipo sensacionalista e falsa, considerando até como spam.

Ideais: o Facebook analisa todo o perfil do usuário, e inclusive os seus ideais políticos e religiosos. Marcas que apresentam forte posicionamento em questões que envolvam política e questões sociais, tendem a atrair o público certo para a sua página.

Dicas da MVP Comunicação para ter alcance com publicações orgânicas

No marketing de conteúdo, se trabalha exatamente para construir um conteúdo atrativo, relevante, e claro, verdadeiro. Que leve ao público informações, e alguns momentos de entretenimento. Você pode saber mais sobre isso, lendo aqui!

Entender o público da sua marca é importante para tudo. No caso das redes sociais, você precisa entender qual tipo de publicação eles gostam mais, e principalmente o horário. Não adianta postar algo às 16h na quinta-feira, se o seu público está ativo às 18h na segunda-feira.

Na questão das publicações, crie algo que incentive as reações e compartilhamentos, isso é muito importante para conseguir estar no feed do seu público. Além do mais, compartilhamentos ajudam a divulgar a sua empresa por meio de outras pessoas. Fora qual tipo de conteúdo o seu público mais gosta, é bom lembrar que vídeos estão em alta no algoritmo.

A dica final é ficar atento às atualizações do algoritmo, que tendem a mudar quando surge um novo recurso ou com a virada do ano.

Depois dessas informações, você começará a fazer os conteúdos certos para o seu público? Se precisa de ajuda, pode contar com a MVP Comunicação!

Mídia espontânea para empresas: o papel da assessoria de imprensa

Mídia espontânea para empresas: o papel da assessoria de imprensa

Como a assessoria de imprensa pode ser fundamental no objetivo de obter mídia espontânea para empresas

Quer receber mais conteúdos como esse?